sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Glosa e mote de Allan Sales

Vou seguir neste mundo sem correr
De lutar por aquilo que eu quero
E buscar sem temer o que espero
E assim novo sempre empreender
O meu verbo principal sim é fazer
E forjar sem temer realidade
Procurar sempre luz desta verdade
E pisar caminhar neste terreno
Vou querer um viver perene e pleno
Sem querer nada mais pela metade

Um comentário:

Gaúcho Taura disse...

Chego a galope direto do Rio Grande do Sul pra te dar um abraço de ano novo e que o mesmo pra ti seja DEZ!

Criei um galpão Virtual, destinado aos bombachudos em primeiro lugar, mas também para os não bombachudos, que terá como prosa as finanças pessoais. Te adicionei como galpão virtual na minha página www.obolsodabombacha.blogspot.com.

Grande abraço e quando vieres pro Rio Grande, vamos tomar um mate dos buenos....

Valdemar Engroff