sábado, 6 de dezembro de 2008

Peleja de repentista com cordelista : Heleno Alexandre (Sapé-PB) & Allan Sales (Recife-PE)



ALLAN
O negão está eleito
Estudou é gente fina
Tio Sam que faz rapina
Avilta tanto direito
O Obama fez um feito
Deseja que algo mude
O império sem saúde
Numa crise do estupor
Pode até mudar de cor
Mas não muda de atitude

HELENO
Mesmo sendo democrata
Mas não liga pra partidos
Que os Estados Unidos
Tem crise na sua ata
Para acabar não tem data
Sem que ninguém lhe ajude
Obama na juventude
É quem vai ser salvador
Pode até mudar de cor
Mas não muda de atitude

ALLAN
Quer seus modos militares
A mandar coisas no mundo
O abismo tão profundo
A pobreza em tantos lares
Miséria tantos lugares
Um sistema cego e rude
Liberdade no ataúde
Israel é seu feitor
Pode até mudar de cor
Mas não muda de atitude

HELENO
Obama ganhou após
Um pleito muito acirrado
quem tinha o discriminado
Teve que baixar a voz
Criado pelo avós
Com a barriga no grude
Seu avô dizendo estude
Que o futuro é promissor
Pode até mudar de cor
Mas não muda de atitude

ALLAN
Obama cabra sabido
Democrata com certeza
Mas mantendo na defesa
Um falcão empedernido
O Tio Sam que tem sido
Um buraco num açude
Obama tem negritude
Mas não leva tal andor
Pode até mudar de cor
Mas não muda de atitude

HELENO
O seu pai fui queniano
A mãe norte-americana
Ann que quer dizer Ana
A mãe do americano
Dizendo eu não me engano
Estudou na Juventude
Políticas pra não ser rude
Antes de ser senador
Pode até mudar de cor
Mas não muda de atitude

ALLAN
A mulé do garanhão
O tal "Biu" da estagiária
Que vai ser a secretária
De estado no negão
Mas tem general falcão
No banco Deus nos ajude
O dólar virando grude
Milico é torturador
Pode até mudar de cor
Mas não muda de atitude

HELENO
Nasceu em sessenta e um
No dia quatro de agosto
Cresceu levando no rosto
Sol da manhã em Jejum
Foi um garoto comum
Porém com muita saúde
E sua maior virtude
Fui ter sido um sonhador
Pode até mudar de cor
Mas não muda de atitude
ALLAN
Esse cabra que elegeram
Pra fazer a tal mudança
Mas será que ele avança
Das merdas que se meteram?
No Iraque que encheram
De morte e de “fast food”
Isso não é “roliude”
E ele não é ator
Pode até mudar de cor
Mas não muda de atitude
HELENO
Em Colúmbia ele estudou
Mesmo debaixo de críticas
Cursou Ciências Políticas
Em Direito se formou
Para o mundo ele mostrou
Que tendo quem lhe ajude
A América não se ilude
Com dicas de impostor
Pode até mudar de cor
Mas não muda de atitude

2 comentários:

Poeta disse...

Poeta, modéstia parte pelo lado que me toca, essa poesia, esse duelo ficou muito bom! um abraço! Parabéns!, vc é um grande poeta, meu amigo, alén de um excelente cordelista

Anônimo disse...

as fraze que a vida mim encinou.ja tirou todo os meus argumento mais de uma coisa eu nao esqueço.e as andadas de jumento!!!marcondes RIO GRANDE DO NORTE.