sábado, 13 de fevereiro de 2010

SONETO MASTURBATÓRIO

De há muito que eu venho procurando
Quem resolva para mim tanta carência
Eu não sou um galã na aparência
Mesmo assim do meu jeito vou tentando

Por enquanto vou seguir me consolando
Com um brinquedo que vem da adolescência
Se a espada me lateja com potência
Eu na mão vou por hora me virando

Me recuso a pagar pra dar no couro
Mas ficar sem fuder é mau agouro
Que saudade sinto de uma cara preta

E assim é na mão que eu me acabo
Quando passas rebolando esse seu rabo
Eu me lasco descascando uma punheta

2 comentários:

Ademar disse...

Pense nun Soneto sexualmente ARRETADO!!!
Vou sair mostrando por aí esse seu belo trabalho engraçado e poético!!!
Abraços;
Ademar Macedo
"O Poeta do Amanhecer"

Anônimo disse...

parabens pelo blog...
Na musica country VIRGINIA DE MAURO a LULLY de BETO CARRERO vem fazendo o maior sucesso com seu CD MUNDO ENCANTADO em homenagem ao Parque Temático em PENHA/SC. Asssistam no YOUTUBE sessão TRAPINHASTUBE, musicas como: CAVALEIRO DA VITÓRIA, MEU PADRINHO BETO CARRERO, ENTRE OUTRAS...
é o sonho eterno de BETO CARRERO e a mão de DEUS.