terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Eu e Bianca Liz


(Bianca Liz e Allan Sales em julho de 2009 numa festa no Recife)
I
Eu vou contar pra vocês
O que aconteceu comigo
Foi coisa boa na vida
Aproveito então e digo
O fato inesperado
Num momento iluminado
Por causa de um amigo
II
Essa história eu sigo
Estava eu na internet
Abrindo o meu ORKUT
Que até hoje se repete
Um recado atencioso
Ao lado um rosto formoso
Eu ali no “tete à tete”
III
Ela jogava confete
Dizendo que o camarada
Falara do meu trabalho
No cordel a minha estrada
Era Bruno de primeira
Cabra bom da Fim de Feira
Que dera a dica arretada
IV
Ela estava interessada
Em conhecer meus cordéis
Era estudante de letras
Nas lides dos bacharéis
Falando como podia
Ler a minha poesia
Colocada nos papéis
V
Esses versos meus lauréis
Falei pra ela que tinha
Vi a foto dessa ninfa
E as outras que ela tinha
Álbum de fotografias
Com poses alegorias
Que fazia essa lindinha
VI
Ó que linda baianinha
Que gestos insinuantes
Cara de inteligente
De olhares cativantes
Resolvi fazer um verso
Na septilha imerso
E falando sem rompantes
VII
Passados dias instantes
Ela então me respondeu
Num recado de ORKUT
Que esse poeta leu
Vi que estava na rede
De falar-lhe tive sede
E assim aconteceu
VIII
Eu disse a ela que eu
No MSN estava
Mandei o meu endereço
Na hora ela aceitava
E ali adicionado
Com essa diva ligado
Um belo papo rolava
IX
Eu ali me apresentava
Falava coisas de mim
Ela então também dizia
O que fazia enfim
Rolou tanta empatia
Coisa linda e simpatia
Uma sedução sem fim
X
Maragogipe o confim
Sua terra na Bahia
Ela ambientalista
No trabalho que fazia
Ela fez um desafio
Eu ali liguei o fio
E mandei mais poesia
XI
Emoção a cada dia
Toda vez que encontrava
Flor de Liz na internet
E muito mais conversava
Uma alma delicada
Ô baianinha arretada
Que assim me arrebatava
XII
O tempo assim passava
Um dia eu informei
Meus telefones pra ela
E os dela copiei
Pra um telefone correndo
Fui pra perto me acendendo
E pra lindinha eu ligue
XIII
E assim eu me encantei
Com a voz tão sensual
Continuei nesta rede
Na conversa virtual
Cada vez ligado nela
Virou a musa tão bela
Do poema original
XIV
Minha verve musical
Com a bela despertou
Um samba com sentimento
Que do meu pinho brotou
E foi pela TELEMAR
Que fiz ela escutar
O samba que ela gostou
XV
Uma idéia rolou
Ela iria pra um congresso
Na capital de Alagoas
Sua escola em acesso
Eu iria encontrá-la
Em Maceió olhá-la
Isso não teve sucesso
XVI
Eu fiquei foi de recesso
A virose me pegou
Não pude ver minha musa
No lugar que ela marcou
Mas continuei falando
Na internet criando
Poemas que ela amou
XVII
A bossa nova rolou
Chamada de Baianinha
Canção que mandei gravada
Por g-mail pra gatinha
Assim como mandei samba
Toquei violão de bamba
Pra encantar a fofinha
XVIII
E finalmente na linha
Eu iria a Salvador
Participar de um encontro
Coisa de procurador
Fui ter em Camaçari
E bem pertinho dali
Ver de perto a linda flor
XIX
Ver de perto toda cor
beleza que encandeia
Ela vestindo vermelho
A minha mente incendeia
Foi no Mercado Modelo
Aonde pude fazê-lo
Ver a baiana sereia
XX
A luz da tarde tão cheia
Quatro horas tão somente
Eu fiquei junto da musa
Aquele olhar envolvente
Mais linda do que na tela
Era muito mais que bela
Ver a Bianca de frente
XXI
Fiz um livro diferente
Todo dedicado à musa
Com sonetos com septilhas
Tudo o que o poeta usa
Assinei ali pra ela
Essa obra tão singela
A hora chegou intrusa
XXII
A tarde findou difusa
Vivia a tarde feliz
Ela foi para seu mundo
De volta ao torrão matriz
Terra da Felicidade
De onde trago a saudade
De Bianca Flor de Liz
XXIII
A vida assim que quis
Continuo lhe falando
Vez em quando ela aparece
Mas logo vai se mandando
Andando assoberbada
A baianinha ocupada
Sua batalha levando
XXIV
Eu aqui ou versejando
Lembrando com alegria
Eu ali no Pelourinho
A cantar a melodia
Pulsava o meu violão
Muito mais meu coração
Pra Flor de Liz da Bahia.

2 comentários:

Cláudia Queirós disse...

Lindoooo!!!Parabéns, Allan!!! Precioso dom!

Anônimo disse...

parabens pelo blog...
Na musica country VIRGINIA DE MAURO a LULLY de BETO CARRERO vem fazendo o maior sucesso com seu CD MUNDO ENCANTADO em homenagem ao Parque Temático em PENHA/SC. Asssistam no YOUTUBE sessão TRAPINHASTUBE, musicas como: CAVALEIRO DA VITÓRIA, MEU PADRINHO BETO CARRERO, ENTRE OUTRAS...
é o sonho eterno de BETO CARRERO e a mão de DEUS.